ECHAH - איכה

Capítulo 1

LAMENTAÇÕES

  • 1

    Como a cidade está solitária, aquela que estava repleta de povos! Como ela se tornou como uma viúva, aquela que era grande entre as nações, e uma princesa entre as províncias, como ela se tornou uma eved!

  • 2

    Ela chora amargamente pela noite, e suas lágrimas descem do seu rosto entre todos os que tinham ahava por ela, ela não tem quem a conforte, todos os seus chaverim procederam traiçoeiramente com ela, eles se tornaram seus inimigos.

  • 3

    Yahudah foi para o exílio por causa da aflição, e por causa do grande trabalho, ela habita entre as nações, ela não acha descanso, todos os seus perseguidores a alcançam entre os lugares estreitos.

  • 4

    Os caminhos de Tzion lamentam porque ninguém quer vir às moadim, todas as suas portas estão desoladas, seus Kohanim suspiram, suas virgens estão aflitas, e ela está em amargura.

  • 5

    Seus adversários se tornaram os príncipes, seus inimigos prosperam, pois יהוה a afligiu por causa da multidão das suas transgressões, seus filhos foram para o exílio diante do inimigo.

  • 6

    E da filha de Tzion toda sua formosura se afastou, seus príncipes se tornaram como cervos que não acham pasto, e eles saem sem força diante do seu perseguidor.

  • 7

    Yahrushalayim lembrou-se nos dias da sua aflição e das suas misérias, de todos os seus tesouros que ela tinha nos dias da antiguidade, quando seu povo caiu na mão do inimigo, e ninguém a socorreu, os adversários viram-na, e zombaram dos seus shabatot.

  • 8

    Yahrushalayim pecou lastimavelmente, portanto ela foi removida, todos que a honravam desprezaram-na, porque eles tinham visto a sua nudez, sim, ela deu um suspiro e virou-se em outra direção.

  • 9

    Sua imundícia está nas suas saias, ela não se lembra dos seus últimos atos, portanto seu colapso foi terrível e ela não teve o consolador.

  • 10

    Óh יהוה, contempla a minha aflição, porque o inimigo se magnificou a si mesmo.

  • 11

    O adversário estendeu a sua mão sobre todos os tesouros dela, pois ela viu que os pagãos entravam no seu Lugar Kadosh, referente ao qual, Tu ordenaste que eles não deveriam entrar em Tua congregação.

  • 12

    Todo seu povo suspirou, eles buscam lechem, eles trocam seus pertences por alimento, para aliviarem-se, contempla, Óh יהוה, e considera porque eu me tornei desprezado.

  • 13

    Não significa nada para vós que estam de passagem? Contemplai e vede se há algum sofrimento como a minha dor que me é acarretada, com a qual יהוה me afligiu no dia do Seu furor tenaz.

  • 14

    Desde as alturas Ele enviou fogo aos meus ossos, e o fez prevalecer contra eles, Ele estendeu uma rede aos meus pés, Ele me fez voltar atrás, Ele me fez desolada e desfalecida todo o dia.

  • 15

    O jugo das minhas transgressões está atado pela Sua mão, elas estão entretecidas e sobem sobre o meu pescoço, Ele fez com que minha força desmoronasse, יהוה entregou-me nas mãos daqueles aos quais eu não seria capaz de me levantar diante deles.

  • 16

    יהוה esmagou sob os seus pés todos os meus poderosos presentes entre mim, Ele convocou uma companhia contra mim para esmagar meus mancebos, יהוה pisou a virgem, a filha de Yahudah, como se fora à um lagar.

  • 17

    Por estas coisas eu choro, meus olhos se precipitam como as mayim, porque o consolador que deveria aliviar o meu ser está longe de mim, meus filhos estão desolados porque o inimigo prevaleceu.

  • 18

    Tzion estende suas mãos e não há quem a conforte, יהוה ordenou a Yaakov, que seus adversários estivessem em volta dele, Yahrushalayim está como uma mulher imunda em nidah entre eles.

  • 19

    יהוה é tzadik, porquanto me rebelei contra a Sua Torah, ouvi todo meu povo, e contemplai a minha dor, minhas virgens e meus mancebos foram para o exílio.

  • 20

    Eu chamei por meus apreciadores, mas eles me enganaram, meus Kohanim e meus zekanim morreram na cidade, enquanto eles buscavam alimento para aliviarem-se.

  • 21

    Contempla, Óh יהוה, porque estou angustiado, meu interior está desolado, meu lev se volta dentro de mim, porque eu gravemente me rebelei, de fora a espada nos destituiu, e na casa há morte.

  • 22

    Eles me ouvem o suspirar, não há quem me conforte, todos os meus inimigos ouvem acerca de minha tribulação, eles se alegram de que Tu tenhas feito isso, Tu os levarás ao dia em que Tu anunciastes-lhes também, e eles tornar-se-ão semelhantes a mim.

  • 23

    Que todas as suas maldades cheguem perante Ti, e faça-lhes como Tu me fizeste, por causa de todas as minhas transgressões, porque meu soluçar são tantos, e meu lev desfalece.

Ketivay HaKadosh

TANAKH
BRIT CHADASHAH